cornicetta_media

Congresso Latino-Americano de Estudantes: Presença e protagonismo no mundo

Entre os dias 19 e 22 de julho de 2018, ocorreu o I Congresso Latino-Americano de Estudantes Murialdo, um evento organizado pela Rede Murialdo de Educação com o intuito de promover a interculturalidade, a internacionalidade e a cooperação de diferentes escolas. O tema norteador do evento foi “Presença e protagonismo no mundo”, sendo este proposto a todos os estudantes e professores que participaram. Três países reuniram-se no Centro de Eventos e Hospedagem Murialdo, em Fazenda Souza, Caxias do Sul. A Argentina contou com a presença de três colégios: Instituto Pio XII (de Buenos Aires – Villa Bosch) com seis alunos que foram acompanhados pelo padre Jesús Castilho Bravo; Instituto Cristo Obrero (de Buenos Aires) com quatros alunos acompanhados pelo padre Marco Polo López e pela docente, María Rosa Hadjiniam e Instituto Nadino (de Mendonza) com cinco alunos acompanhados pelo padre Nadino Conte e pela docente Veronica Elizabeth Scapellato. Assim como a Argentina, o Chile também se fez presente com três colégios: Colégio Murialdo (de Valparaíso) representado por cinco alunos acompanhados pela docente Claudia Isabel Canales Ramírez; Liceo Murialdo (de Santiago), representado por cinco estudantes acompanhados pelo padre Patrício Alejandro Pulgar Hills e pelo Liceo San José (de Requínoa) representado por quatro alunos acompanhados pelo padre Juan Rafael Céspedes Campos. Por último, mas não menos importante, o Brasil foi representado por vinte sete alunos acompanhados de educadores e diretores das quatro unidades: Caxias do Sul (2), Porto Alegre (1) e Araranguá (1), que colaborou também com a equipe da cozinha que preparou todas as refeições do grupo com maestria sendo composta de voluntários.
No primeiro dia (19) foi feita a recepção das delegações na parte da noite iniciando os contatos dos participantes que souberam promover trocas de saberes mesmo tendo diferenças linguísticas. O segundo dia (20) ficou pequeno para a quantidade de acontecimentos positivos do Congresso: houve credenciamento, organização de “tendas” culturais, momentos de Espiritualidade, apresentações importantes como a do Irmão Pedro Paulo da Silva que apresentou o ecônomo geral, Pe. Juarez Dalan. Este último foi quem dirigiu a palestra que levou o tema do Congresso anteriormente referido, compartilhando experiências, expondo ainda mais o caráter internacional da solidariedade cristã-murialdina. Na parte da tarde, ocorreu a apresentação de grupos, um painel integrado coordenado pelo Pe. Joacir Della Giustina, sintetizando o que apaixona no carisma de Murialdo: a humildade, o amor ao próximo, a empatia e o testemunho de amor a Deus. Ao anoitecer houve momentos de Espiritualidade que ocorreram no Santuário do Padre João Schiavo, beatificado recentemente, promovendo discussões acerca da luz do mundo e da vida. Para maior descontração, os participantes tiveram uma noite ítalo-gaúcha, com apresentações de danças típicas desenvolvidas pelo CTG Ginetes da Tradição promovida pelo Pe. Ernesto Camerine.
No dia seguinte (21), aconteceram momentos de Espiritualidade coordenados pelo professor Éder (Murialdo Porto Alegre) ocorrendo também a integração musical concebida pelos professores William Monteiro (Ana Rech), José Leandro (Caxias do Sul) e Gerson (Araranguá) e pelo coordenador da palestra “Projetos de Vida” que se seguiu após: Dinho Rovaris (de Araranguá), pai de um estudante da Rede Murialdo de Educação que também é palestrante profissional. Dinho elencou tópicos como: amar a si mesmo, ter gratidão pelos pais, ter o sentimento de pertencimento ao mundo também elencando tópicos referentes ao protagonismo, à importância de cada um para um mundo mais justo. Na parte da tarde, todos os colégios desenvolveram e participaram de oficinas falando sobre experiências exitosas em suas unidades. Logo após, os participantes foram organizados de acordo com os seus países de origem, bem como os educadores e sacerdotes, propondo-se a responder duas perguntas: O que dizer a respeito do intercâmbio e da interculturalidade? O que se espera por parte dos Josefinos de Murialdo? Após os trabalhos dos países, aconteceu a plenária e foi escolhida uma comissão para a elaboração de uma Carta-Compromisso. À noite, aconteceu a grande noite cultural com a apresentação das escolas dos países participantes. Os estudantes se divertiram com muita música e brincadeiras.
No domingo (último dia), aconteceu a avaliação do evento e a leitura da proposta da Carta-Compromisso. Depois, os participantes fizeram as suas sugestões e considerações. Em seguida, todos se dirigiram à Capela do Centro de Eventos para a Missa de Ação de Graças presidida pelo diretor do Colégio de Araranguá, Pe. Vilcionei Baggio e concelebrada pelos demais sacerdotes presentes. Na Ação de Graças, os Congressistas receberam a bênção de envio e ganharam como lembrança um banner com a foto dos participantes, a imagem de São Leonardo Murialdo e um troféu. Após, foi lida e aprovada a Carta-Compromisso em língua espanhola e portuguesa. Ao meio-dia foi servido um almoço festivo.

This post is also available in: Inglese Spagnolo Portoghese, Brasile