Sunrise N. 206 – 27 de agosto de 2016 – pt

Este artigo só está disponível em Inglês tradução

Dear friends,
Please, take a look at our newsletter attached!
I would like to remind you that on Sunday 4th September Mother Teresa of Kolkata will be canonized in Rome by Pope Francis. And on Monday 5th September will occur her liturgical memorial as a new saint for the first time!
Given that she has been chosen as patroness of our Josephan Indian Delegation, I recommend you to add a special prayer for the intentions of our presence in India, involving your community, your seminarians or your parishioners!
Thank you!
Dear Saint Teresa of Calcutta, pray for us!

d. MARIOLINO

Envie notícias sobre sua Obra a news@murialdo.org

A misericórdia de Deus

Entre 23 e 27 de agosto foi realizado em Viterbo, no Instituto Teológico São Pedro, o usual Encontro Nacional Espiritual das Comunidades Leigos de Murialdo.

As comunidades de Laives-Bolzano, Thiene, Turim, Foggia, Lucera, Veneza, Bomarzo estiveram rapresentadas e, ocasionalmente, muitos simpatizantes e amigos afetados pelo caminho que durante anos CLdM fazem estiveram presentes. Também presentes muitos Josefinos que durante anos partilhan esta experiência.

Tema principal das sessões de formação realizadas, apropriadamente em linha com o ano jubilar:

A MISERICÓRDIA DE DEUS, DE MURIALDO AO PAPA FRANCISCO

O assunto foi tratado tocando diferentes facetas:

  • A Misericórdia, no aspecto humano e social. Como ser capaz de testemunhar-lha? Que escolha de vida pessoal e comunitária implica? (Fortunata Cuzzolin)
  • A misericórdia no anúncio bíblico e evangélico. (p. Alejandro Bazan)
  • A experiência espiritual do Murialdo destacando especialmente suas escolhas apostólicas e pedagógicas consequentes. (p. Giuseppe Fossati).

Extremamente bem-vinda a visita e participação nas celebrações da mãe superiora das Murialdinas, Irmã Orsola Bertolotto, do Geral p. Mario Aldegani e do Provincial italiano p. Lorenzo Sibona.

[RF]

 INS 16 1 INS 16 2 INS 16 3 INS 16 4 INS 16 5 INS 16 6 INS 16 7 INS 16 8 INS 16 9 INS 16 10 INS 16 11 INS 16 12

Envie noticias sobre tua Obra a news@murialdo.org

Missão evangelizadora dos jovens de Murialdo no Chile

A pastoral juvenil-vocacional murialdina das obras de Santiago e Valparaíso realizaram com alegria e generosidade a Missão de inverno em Alhué (Sul da região metropolitana) de 9 a 14 de julho.
Apesar dos dias frios e chuvosos, os jovens tiveram a coragem de realizar a missão em cinco comunidades da Paróquia São Gerônimo de Alhué, abençoando as famílias, visitando os doentes e trabalhando com as crianças e os jovens da região.
Os 50 jovens foram acompanhados pelos sacerdotes, direção e docentes do Liceu Murialdo. Foi uma verdadeira experiência de Família de Murialdo.


Clique na imagem e navegue


Envie noticias sobre sua Obra a news@murialdo.org

JMJ 2016: Oderzo – Cracóvia

Participar na Jornada Mundial da Juventude não é uma decisão a ser tomada “de ânimo leve”, não é uma viagem para a praia ou uma caminhada nas montanhas, a JMJ é muito mais: é o Viagem!! A partir desta experiência, você pode esperar muitas coisas, basta olhar para os muitos vídeo: novos amigos, novos encontros, novas experiências e uma nova Igreja, mas a realidade é bem diferente, é muito mais!!

Ista JMJ de Cracóvia foi desde o início especial para os três dias que viviam em Oderzo antes de sair. 350 jovens das obras josefinas na Itália e em todo o mundo, se reuniram para ser acompanhados por San Leonardo Murialdo ao evento em Cracóvia. Foi emocionante ver o Brandolini, geralmente cheio de crianças e adolescentes com uma mochila, cheio de jovens em uma mistura de línguas e culturas, cada um com suas próprias experiências, expectativas e sonhos. Era bom estar ao serviço desses caras e fazer que se sintam um pouco em sua casa. Sentimo-nos útil, criando um clima de comunhão e de fraternidade que nos acompanhou durante toda a viagem na Polônia.

A visita de Auschwitz e Birkenau foi uma experiência que não nos deixou indiferentes. Caminhar sobre o solo onde milhares de prisioneiros caminharam, atravessar o arame farpado e os trilhos, observar os restos dos fornos onde mataram um milhão e cem mil pessoas, faz você tocar a crueldade do homem. E assim o caminho torna-se silencioso porque as palavras são supérfluas, só a oração tem lugar na mente observando esses lugares, porque o que aconteceu não se repita nunca mais. Cabe a nós, jovens, o Papa disse, ter a coragem de ensinar aos adultos “que é mais fácil construir pontes que levantar muros“, responder ao ódio e aos insultos com o perdão e a misericórdia. Isto é o que nós fizemos em Cracóvia, onde o encontro nas ruas era uma festa de cor e música, onde as bandeiras fez sentir no meio do mundo, mas ao mesmo tempo orgulhoso de seu país. Não houve diferenças ou rivalidades que nos impedem, o sorriso e a alegria de estar ali eram enormes e todos foram infectados. Um contágio cheio de esperança e sonhos para o futuro, para um mundo melhor em que nós podemos ser a mudança, a força que vence o medo e o terror; nós, jovens sem ódio, mas com um coração cheio de amor.

O Papa não quer jovens que reclinam no conforto do sofá e da tecnologia, pelo contrário nos quer com a mochila nas costas e as botas aos pés. Isso é o que nós fizemos: com a mochila nós caminhamos para Campus Misericordiae, lugar dos dois destaques da JMJ: a vigília e a Missa de encerramento. Foram dois dias memoráveis, inesquecíveis, em companhia do Papa e 1.600.000 jovens. Nós festejamos, dançamos e cantamos durante todo o dia e a noite, mas acima de tudo, fomos capazes de experimentar o silêncio e orar antes de Jesus na Eucaristia. Nós contemplamos as estrelas e esperamos o nascer do novo dia como sentinelas da manhã, ansiosos para levar para casa e em nossa vida diária o conhecimento de que Deus nos ama, apesar das nossas falhas, nossas fugas; Ele confia e aposta em nós! Temos de ser capazes de sonhar, de ser livres, de lutar pelo nosso futuro, tendo a coragem de deixar a nossa marca. Só dando o melhor de nós podemos mudar o mundo.

A partilha destes dias nos ajudou a crescer na amizade, a ver no outro a dificuldade, a compartilhar comida e água, a carregar de sua pesada mochila, a estender-lhe a mão para fazer o caminho juntos. Eles são pequenos gestos cheios de amor.

A mochila com que começamos foi preenchido com muitos encontros, palavras e gestos que encontram espaço no coração, porque podemos sair de Cracóvia com uma fé mais rica e mais madura, com uma generosidade que não pede nada em troca – como o maravilhoso povo polonês nos mostrou – e com o conhecimento de que somos a nova esperança para o mundo.

Lucia Polo – Oderzo

Clique uma imagem e role

Envie notícias sobre sua Obra a news@murialdo.org

Sunrise N. 203 – 06 de agosto de 2016

Este artigo só está disponível em Inglês tradução

Dear confreres and friends,

Please, find attached Sunrise 203, with many important news and the complete summary of the recent transfers and appointments in the Delegation. I’m sending it three days in advance, since I’m about to leave from Chennai to Bihar. Please let us keep fraternally in our prayers: Fr Balashowry, Fr Amalraj, Bro Edwin and our projects over there!

The group of 10 Italian friends arrived in Tamil Nadu … they are all fine and happy, following their program with joy and enthusiasm!

Yours cordially

d. MARIOLINO

Envie notícias sobre sua Obra a news@murialdo.org

JMJ 2016: 340 jovens da FdM

Somos nos a nova juventude do papa. Nos, que chegamos no lugar do encontro para a vigília desta noite, com uma mochila nas costas cheia de medos e incertezas ligadas ao terrorismo, mas também cheia de muitas esperanças e alegrias.

Somos nos a nova geração de jovens prontos para mudar o mundo com os olhos da misericórdia. Nos, que nos emocionamos diante de dois milhões de jovens de todo mundo, prontos a trocarem conosco as bandeiras das próprias nações, a própria experiência de vida e também o próprio coração. Nos, que escolhemos transformar a JMJ num verdadeiro campo de vida, entre a fadiga e a vontade de vence-la. E esta a geração do futuro, que tanto é criticada, mas que tem ainda muito a demonstrar.

Nos queremos esvaziar a mochila do medo e enche-la de misericórdia, uma misericórdia que vem de Deus e que o Murialdo nos deixou com empenho para o futuro.

GMG 1

GMG 2

GMG 3

GMG 4

GMG 5

GMG 6

GMG 7

Envie notícias sobre sua Obra a news@murialdo.org