31 de Agosto

 “Inspirando-se em São José educador de Jesus, os confrades sentem-se felizes em viver entre os jovens, como amigos, irmãos e pais, participando de sua vida, compartilhando de suas alegrias e sofrimentos, e construindo com eles um clima de confiança e otimismo.

(Const. 50)

30 de Agosto

 1922: TENA, (ECUADOR), “Misión Josefina del Napo”
A serenidade da vida comunitária é favorecida por um horário conveniente, observado por todos como um compromisso precioso de caridade, e por uma sábia organização que assegure a cada confrade tempo de oração, de trabalho, de estudo e de lazer.

(Dir. 17)

29 de Agosto

 “A fé mostra-nos o Deus que entregou o seu Filho por nós e assim gera em nós a certeza vitoriosa de que isto é mesmo verdade: Deus é amor! Deste modo, ela transforma a nossa impaciência e as nossas dúvidas em esperança segura de que Deus tem o mundo nas suas mãos e que, não obstante todas as trevas, Ele vence.

(Deus caritas est 39)

28 de Agosto

“Ele amou-nos primeiro, e continua a ser o primeiro a amar-nos; por isso, também nós podemos responder com o amor. Deus não nos ordena um sentimento que não possamos suscitar em nós próprios. Ele ama-nos, faz-nos ver e experimentar o seu amor, e desta « antecipação » de Deus pode, como resposta, despontar também em nós o amor.

(Deus caritas est 17)

27 de Agosto

A união de Jesus Cristo com nós na Eucaristia é mais íntima que a união da alma com o corpo, da flor da rosa com o aroma, da humidade com a água, do calor com o fogo, da luz com o sol.

(S. Leonardo Murialdo, Escritos VII, p. 399)

26 de Agosto

Os confrades continuam tornando presente na Igreja o mistério de Cristo que ama os pobres e abençoa as crianças, dando para esta finalidade todas as suas atenções e todas as suas forças, sem reserva alguma.”

(Const. 44)

25 de Agosto

“Senhor, que dotastes o presbítero São José de Calasanz de grande paciência e caridade para consagrar toda a sua vida à formação humana e cristã da juventude, concedei nos que, venerando nele um mestre de sabedoria, imitemos o seu exemplo ao serviço da verdade.”

(Da Liturgia, Oração da Missa)

24 de Agosto

“Eu não penso que é espírito cristão de esperar desastres, nem fé genuína a daqueles que aguardam intervenções milagrosas pela Providência que poderiam mudar o curso dos acontecimentos, porque estes nos aparecem incompreensíveis ou desconfortáveis.”

(S. Leonardo Murialdo, Cartas I, 255)

23 de Agosto

É sobre a oração de Jesus, não sobre as nossas capacidades, que assenta a confiança de poder chegar, também na história, à comunhão plena e visível de todos os cristãos.

(Novo Millenio Ineunte 48)

22 de Agosto

A nova era tem bom e mal como todas as eras, mas o mal não muda agitando a cabeça e retirandose debaixo da tenda de Aquiles.

(S. Leonardo Murialdo, Cartas I, 255)