30 de Junho

Cada confrade josefino ora e se empenha para que o Pai mande operários para a sua messe. Ajuda aos que apiram à vida consagrada e encoraja os que a ela são chamados.”

(Const. 56)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

29 de Junho

1927: TURIM, (ITÁLIA), Paroquia-santuário “Nossa Senhora da Saúde”

Inspirando-se nos sentimentos e na prática do fundador, os confrades optam por distinguir-se pela fidelidade e obediência ao Papa, até mesmo em força do voto, e por viver em comunhão com os bispos, colaborando com eles conforme a norma do direito comum e próprio, segundo o espírito da congregação.”

(Const. 26)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

28 de Junho

1996: Fier, (ALBANIA), Centro Social “Murialdo”
A invocação « ut unum sint » é simultaneamente imperativo que nos obriga, força que nos sustenta, salutar censura à nossa preguiça e mesquinhez de coração. É sobre a oração de Jesus, não sobre as nossas capacidades, que assenta a confiança de poder chegar, também na história, à comunhão plena e visível de todos os cristãos.

(Novo Millennio Ineunte 48)

27 de Junho

Animados pela caridade de Cristo, os Josefinos rezam pelos jovens, acolhem suas exigências com espírito de iniciativa e criatividade, deixando-se sempre guiar pela cordialidade simples e respeitosa, pela paciência, pela doçura e pela bondade.

(Const. 49.50)

26 de Junho

Inspirando-se em São José, educador de Jesus, os confrades sentem-se felizes em viver entre os jovens, como amigos, irmãos e pais, participando de sua vida, compartilhando de suas alegrias e sofrimientos e construindo com eles um clima de confiança e otimismo.

(Const. 50)

25 de Junho

Como base do apostolado, cada confrade coloca grande confiança em Deus, pois só Ele é que pode fazer crescer e frutificar, e, ao mesmo tempo, não deixa também de empenhar todas as suas capacidades procurando torná-las sempre mais eficientes, através de uma constante atualização.

(Const. 49)