27 de Dezembro

Deus nos amou muito mais do que amava a si mesmo; e, portanto, para o nosso próprio bem ele queria tanto sofrer no seu nascimento, que nós, ao vê-lo pobre, aguentássemos pacientemente a pobreza.

(S. Leonardo Murialdo, Escritos VIII, p. 299)

This post is also available in: Italiano Inglês Espanhol