50. O carisma Murialdino na experiência de um grupo juvenil

Neste artigo, apresentamos a experiência concreta do CLAJMUR, nascido em 1980 no Equador, para a educação da juventude à luz da devoção e do carisma de Murialdo. São apresentados os objetivos, o método, a promessa, a organização, e como ponto fundamental, a espiritualidade carismática murialdina. Uma proposta possível não só no Equador, o que exige um animador entusiasta, convicto, e que saiba atrair a juventude para o carisma de Murialdo, tornando-se um motor de crescimento humano e cristão, porque o objetivo é, tornar-se em seguida testemunha, e fermento entre outros jovens. Assim CLAJMUR não é apenas uma escola de amadurecimento, mas também uma escola para preparar os jovens para serem eles próprios líderes de outros jovens.

Padre Francisco Mena Reinoso

Mena

Se você quiser aprofundar...

49.    O carisma Murialdino na experiência de um grupo juvenil          (Padre Francisco Mena Reinoso)


 

Ao fundar o “Clube de animação juvenil Murialdo” em 30 de dezembro de 1980, meu objetivo era difundir a devoção a Murialdo entre os jovens e formá-los à luz do seu carisma.

A fundação aconteceu pela necessidade de oferecer aos jovens a oportunidade de ocupar o seu lugar no seio da Igreja e da Congregação dos Padres Josefinos, de acordo com os ensinamentos do Concílio Vaticano II e das nossas Constituições.

Dez jovens, nove Josefinos do Colégio Paulo VI de Quito e um graduado do Colégio São Luis Gonzaga do padres Jesuítas, depois de dois dias de convivência, emitiram a Promessa do “Clube de Animação Juvenil Murialdo” (CLAJMUR) sob o cuidados maternos de “Nossa Senhora da Agua Santa de Baños”, no Estado de Tungurahua.

Como podemos observar, os jovens começam com uma promessa, por isso eles estão indicando, de acordo com o conteúdo de sua promessa, que vão honrar o compromisso batismal com Cristo e ser apóstolos dos jovens com o carisma de Murialdo. Além disso, é importante nos grupos de jovens fazer uma promessa, porque assim vão levar mais a sério.

O Clajmur tem um diretório, não um regulamento, e, portanto, pode dar uma resposta adequada ao ambiente em que opera. O que importa é que esteja em conformidade com os objetivos do grupo para manter a sua identidade. Os objetivos levam o jovem a ser um líder a serviço de Cristo entre os jovens com a mística do Murialdo. O Clajmur é uma escola de líderes.

Os objetivos do Clajmur são:

  1. Ser animador, líder e fermento em sua escola ou paróquia, para ajudar as autoridades docentes ou o pároco como colaborador leigo Josefino, em tempo integral ou parcial  numa atividade específica, estabelecida pelo responsável competente.
  2. Capacitar os membros no sentido de cooperação.
  3. Oferecer a seus membros formação técnica para a gestão de grupos de jovens.
  4. Ser grupo alimentador de outros grupos de jovens cristãos.

metodologia utilizada no Clajmur baseia-se na metodologia utilizada por Jesus que ensinava como mestre e amigo e depois enviava para pregar os ensinamentos recebidos. Nesta Escola Apostólica, a experiência de estar juntos foi a base de ensino e da aprendizagem. Também o Clajmur se serve deste método, onde o jovem cresce e amadurece dentro de um grupo sendo agente ativo da sua própria formação e realização, que primeiro aprende e depois compartilha o que aprendeu, como fruto de sua experiência, porque vale mais uma pepita de ouro descoberta com seu próprio esforço, que todo o ouro que lhe queira dar o assessor ou palestrante.

 

promessa, pode parecer algo idealista na Clajmur, na verdade o é, pois, quem faz a promessa Clajmur deve ter passado pelos estágios de amadurecimento, ou seja, o aspirante e Pré-Clajmur, distingue-se pela sua ação positiva em favor de seus colegas, maturidade humana e cristã, atuação e desempenho entre os grupos juvenis, que o tornem merecedor de fazer a Promessa após tê-la solicitado.

O conteúdo da Promessa é:

  1. Viver mais profundamente o compromisso batismal.
  2. Trabalhar com jovens como fez São Leonardo Murialdo.
  3. Cumprir diariamente a Boa Ação Clajmur (BAC).
  4. Ser responsável pelas tarefas que pede o grupo.
  5. Continuar participando das reuniões do seu grupo ou do grupo onde se encontrar, mesmo de passagem.
  6. Continuar conhecendo e vivendo o carisma da Congregação Josefina.

A promessa não é obrigatória para todos e dura por toda vida.

A jaculatória do Clajmur é: “Virgem Imaculada, Mãe e Rainha do Clajmur, rogai por nós.”

As reuniões são semanais, ficando aos tempos determinados, já que o Clajmur segue as palavras de Jesus: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18, 20). As reuniões são realizadas seguindo um roteiro que pode conter: cantos, dinâmicas, oração, reflexão bíblica (que nunca deve faltar), comunicações, apresentação do tema da reunião, programação,  escolha do próximo do tema, do coordenador e do secretário da próxima reunião, avaliação dos coordenadores da reunião, vários, oração comunitária e despedida.

O Conselho Local é composto por jovens com a promessa e age de acordo com as atribuições dadas pelo Diretório.

O Padre Provincial, se considerar necessário, nomeia um Assessor Nacional do Clajmur, sob a dependência do Assessor Nacional da Juventude. Pode ser um sacerdote ou irmão e na falta destes pode ser um membro mais experiente Clajmur com Promessa.

O Clube de Animação Juvenil Murialdo em nível Nacional é um Movimento Juvenil Josefino, assumido pela Conferência Episcopal Equatoriana como representante de toda a família de Murialdo (FdM).

O Clajmur e os Jovens da Família de Murialdo têm um encontro anual na última semana de outubro.

Os membros do Clajmur antigo são aqueles cujo trabalho, estudo, ocupação ou estado de vida e diante de uma nova realidade tem suas próprias formas de seguir unidos com a família Clajmur e continuam amadurecendo em seu cristianismo e organizando o seu apostolado no meio da Sociedade em que vivem.

A Espiritualidade Carismática Murialdina do Clajmur tem os seguintes pontos:

  1. Conhecer e experimentar a bondade e a grandeza de Deus e em segundo lugar o nosso próprio nada. São Leonardo nos ensina: “Deus nos ama com amor infinito, pessoal, terno, atual e misericordioso”.
  2. Amar a Deus e detestar o pecado.
  3. Aceitar totalmente a vontade de Deus.
  4. Trabalhar para agradar somente a Deus.
  5. Dedicar um tempo diário para a oração e meditação sobre a Palavra de Deus.
  6. Rezar o terço diariamente.
  7. Aos domingos e, se possível, com mais frequência,  participar da Santa Missa e da Comunhão.

Pe. Francisco Mena Reinoso

This post is also available in: Italiano Inglês Espanhol