Domingo, 17 de junho

O alarme dos Capitulares soou cedo esta manhã: às 6:30h tomamos o café e logo partimos para Ambato, uma cidade de cerca de 160.000 habitantes, a 120 km ao sul de Quito, ao longo da bela cordilheira dos Andes.

Estamos na província de Tungurahua, aquela em que todos os primeiros heróicos missionários josefinos do século passado passaram para alcançar o Napo. É a partir desta região que vem a maioria dos Josefinos Equatorianos … uma paisagem encantadora e Ambato, que está acima de 2500 metros do nível do mar, é também a capital das flores e frutos: você pode encontrar um monte de 24 rosas por apenas 2 dólares … e você também pode encontrar um Economo Geral ambatoño para ser chamado “Flores”!

Em Ambato, os Josefinos administram duas escolas com cerca de 1700 estudantes: o “González Suárez” e o “Colégio Técnico Murialdo”; também uma paróquia de cerca de 6000 habitantes e uma bela igreja circular dedicada a “San José Custodio del Redentor” e é precisamente neste templo que os Capitulares celebram a missa, presidida pela novo p. Geral. Nela a Provincia Equatoriana comemorou os 50 anos de sacerdócio dos confrades: Gilberto Freire, Gustavo Orbea, Evelio Ortiz e Efren Gallegos.

Uma celebração festiva com muitas pessoas. Após a missa participamos de um momento cultural no teatro da colegiode com músicas, danças e muita alegria! Finalmente, almoçamos sob um estrutura montada no pátio, outros presentes, outras músicas, outras danças … Antes de voltar a Quito, há tempo para uma passagem na comunidade das irmãs Murialdinas que acolhem crianças abandonadas, meninos e meninas, um lindo trabalho. O grupo brincou com as crianças, as irmãs nos ofereceram um lanche! Em suma, hoje não há trabalho para os Capitulares: bem … foi ou não foi o dia do Senhor? Mas amanhã … é segunda-feira !!!

This post is also available in: Italiano Inglês Espanhol