O Poço é Vida


  • Sierra Leone
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 1600
  • DA January 2012

A água é o elemento mais importante na vida de cada ser vivente; pode-se dizer que quem dá a um povoado um poço, está dando Vida.

Após poucos meses e graças a um itinerário de acompanhamento e de assistência, os povoados que foram contemplados com um poço encontram nova vida. Surgem pequenas hortas familiares, surgem as pequenas criações de galinhas, suínos. A dieta alimentar se enriquece e a segurança alimentar causa um otimismo no pessoal e vai além do benefício concreto da água.
E’ um verdadeiro milagre que nasce de um sentimento de solidadriedade e de uma ideia justa de promoção e crescimento.

Beneficiários do projeto são 8.000 pessoas. São os habitantes dos povoados envolvidos na iniciativa. Trata-se de um impacto formidável porque em alguns casos os povoados são situados em áreas de muito difícil acesso onde dificilmente haveria outra alternativa.

Origem do projeto

O problema da água na Serra Leoa não é principalmente um problema de falta, é, sobretudo, um problema de acesso.
Cada ano as doenças ligadas ao uso impróprio da água causaram a morte de 1,6 milião de crianças, a maior parte delas abaixo dos 5 anos. Milhões de pessoas percorrem cada dia quilômetros a pé para providenciar água, e as crianças são impedidas de frequantar a escola para ajudar a família.

Na Serra Leoa uma pessoa sobre duas é afetada por doença devido a falta ou má qualidade da água enquanto as estimativas  mostram que um agricultor africano dispõe menos de 20 litros  de água ao dia, ou seja, menos do que o mínimo diário de 50 litros apontados pela Organizzação Mundial da Saúde.A falta  de água  é a causa  da incidência de doenças infantis, quase todas previsíveis. Sem água potável, é impossível fugir da espiral das infecções. Água significa poder matar a sede, poder cozinar, lavar-se, irrigar o terreno. Se as pessoas evitam percorrer longas distâncias à procura de água têm mais tempo para se dedicar à família e aos filhos ou para desenvolver uma atividade que consinta ajudar a renda familiar ao mesmo tempo que diminuem a mortalidade infantil causada pelo consumo de água poluída.

Objetivos do projeto

O objetivo do projeto é melhorar as condições de vida das comunidades locais em Sierra Leoa através destas ações:

 

  • incrementar as competências entre os beneficiários em relação à utilização dos recursos naturais;
  • combater o processo de desertificação;
  • incrementar a capcidade de produção dos recursos destinados a satisfazer as necessidades primárias da população beneficiária como é a água e a comida;  
  • diminuir o mais possível os efeitos negativos, muitas vezes mortais sobretudo para as crianças, na utilização de água não potável na própria alimentação e no cuidado da própria higiene.

pessoas do projeto

thumb

Mario Zarantonello

Responsabile progetto
PROJETOS

SUSTENTA OS PROJETOS DE MURIALDO WORLD


Doa agora
PROJETOS MURIALDO WORLD

Outros projetos em Sierra Leone

África
Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Por que na Nigeria? Porque, se poderia dizer, que o Senhor nos precedeu mandando-nos vocações; em dezembro de 2014 serão ordenados sacerdotes os primeiros dois Josefinos nigerianos. Temos a intenção de instituir uma comunidade de serviço pastoral e carismático josefina, na qual podem se inserir os nossos teólogos Queremos prestar uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes neste país, atualmente atingida por fortes tensões sócio-religiosas e martirizada por dolorosos conflitos sócio-religiosos ao norte do país. A nossa presença sará caracterizada por um início simples, feito de essencialidade; será expressão por um lado de uma atitude de flexibilidade e por outro será a de uma inserção coeente com a realidade local. As 3 palavras chave do jeito com que queremos nos inserir neste país são: eficácia, flexibilidade, sobriedade. Portanto, falamos de sustentabilidade econômica, carismático-pastoral e de sustentabilidade do ponto de vista local. Objetivos gerais do projeto Instituir uma comunidade permanente de presença missionária Josefina, que possa se tornar quanto antes um ponto de referência para as pessoas do local, sobretudo, para aqueles mais necessitados. Ser uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes nessa terra atualmente minada por fortes tensões sócio-religiosas e sacrificada por um conflito interno ao Norte do país. Objetivos específicos do projeto Caracterizar a nova presença missionária Josefina por meio de uma moradia simples  e da nossa sobriedade. Isto significa  morar numa casa de aluguel, modesta para a comunidade josefina, equipada por um gerador elétrico para a luz, uma horta para auto-produção e de algum quarto para a hospedagem. Procurar as pessoas mais carentes  com predileção para os jovens a dim de os ajudar a sair da marginalidade por motivos econômicos e/ou de analfabetismo. Isto significa que a comunidade josefina deve ter um carro e uma ou duas motos e de material para a ação social, educativa e de apoio escolar (computador, impressoras, livros, cadernos, canetas etc). Valorizar os espaços e as estruturas que já existem de propriedade de outras entidades públicas e religiosas para procurar a realização de atividades sócio-educativas reduzindo ao mínimo seus custos… Desse modo vai-se assegurar a otimização dos recursos econômicos utilizados.   Visualiza a localidade    

  • Nigeria
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 100
  • DA January 2014
Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

A campanha “Para um novo missionário” tem em mira apoiar os jovens estudantes que querem fazer um percurso de fé em sua terra, que é para nós terra de missão, mas não dispõem de recursos suficientes para manter os próprios estudos. Ajudar um futuro missionário significa dar uma oportunidade de auto sustento na terra de missão, ótica sempre menos assistencialista. Com 200 € ao mês poderás ajudar um seminarista em sua  formação para se tornar Sacerdote josefino a serviço dos mais pobres.     As doações, deduzidas fiscalmente, podem ser efetuadas com contribuições: mensais de 200 € semestrais com 1.200 € anuais com 2.400 €     Como apoiá-los? Bollettino postale sul C/C n. 1001330032 Intestato a: Murialdo World Onlus Causale: Per un nuovo Missionario Bonifico Bancario presso Poste Italiane Intestato a: Murialdo World Onlus Codice IBAN: IT 17 E 07601 03200 001001330032 Causale: Per un nuovo Missionario   Visualiza a localidade

  • India, Messico, Africa
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 40
  • DA January 2012
O Poço é Vida

O Poço é Vida

O Poço é Vida

A água é o elemento mais importante na vida de cada ser vivente; pode-se dizer que quem dá a um povoado um poço, está dando Vida. Após poucos meses e graças a um itinerário de acompanhamento e de assistência, os povoados que foram contemplados com um poço encontram nova vida. Surgem pequenas hortas familiares, surgem as pequenas criações de galinhas, suínos. A dieta alimentar se enriquece e a segurança alimentar causa um otimismo no pessoal e vai além do benefício concreto da água. E’ um verdadeiro milagre que nasce de um sentimento de solidadriedade e de uma ideia justa de promoção e crescimento. Beneficiários do projeto são 8.000 pessoas. São os habitantes dos povoados envolvidos na iniciativa. Trata-se de um impacto formidável porque em alguns casos os povoados são situados em áreas de muito difícil acesso onde dificilmente haveria outra alternativa. Origem do projeto O problema da água na Serra Leoa não é principalmente um problema de falta, é, sobretudo, um problema de acesso. Cada ano as doenças ligadas ao uso impróprio da água causaram a morte de 1,6 milião de crianças, a maior parte delas abaixo dos 5 anos. Milhões de pessoas percorrem cada dia quilômetros a pé para providenciar água, e as crianças são impedidas de frequantar a escola para ajudar a família. Na Serra Leoa uma pessoa sobre duas é afetada por doença devido a falta ou má qualidade da água enquanto as estimativas  mostram que um agricultor africano dispõe menos de 20 litros  de água ao dia, ou seja, menos do que o mínimo diário de 50 litros apontados pela Organizzação Mundial da Saúde.A falta  de água  é a causa  da incidência de doenças infantis, quase todas previsíveis. Sem água potável, é impossível fugir da espiral das infecções. Água significa poder matar a sede, poder cozinar, lavar-se, irrigar o terreno. Se as pessoas evitam percorrer longas distâncias à procura de água têm mais tempo para se dedicar à família e aos filhos ou para desenvolver uma atividade que consinta ajudar a renda familiar ao mesmo tempo que diminuem a mortalidade infantil causada pelo consumo de água poluída. Objetivos do projeto O objetivo do projeto é melhorar as condições de vida das comunidades locais em Sierra Leoa através destas ações:   incrementar as competências entre os beneficiários em relação à utilização dos recursos naturais; combater o processo de desertificação; incrementar a capcidade de produção dos recursos destinados a satisfazer as necessidades primárias da população beneficiária como é a água e a comida;   diminuir o mais possível os efeitos negativos, muitas vezes mortais sobretudo para as crianças, na utilização de água não potável na própria alimentação e no cuidado da própria higiene.

  • Sierra Leone
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 1600
  • DA January 2012
Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

A campanha “Para um novo missionário” tem em mira apoiar os jovens estudantes que querem fazer um percurso de fé em sua terra, que é para nós terra de missão, mas não dispõem de recursos suficientes para manter os próprios estudos. Ajudar um futuro missionário significa dar uma oportunidade de auto sustento na terra de missão, ótica sempre menos assistencialista. Com 200 € ao mês poderás ajudar um seminarista em sua  formação para se tornar Sacerdote josefino a serviço dos mais pobres.     As doações, deduzidas fiscalmente, podem ser efetuadas com contribuições: mensais de 200 € semestrais com 1.200 € anuais com 2.400 €     Como apoiá-los? Bollettino postale sul C/C n. 1001330032 Intestato a: Murialdo World Onlus Causale: Per un nuovo Missionario Bonifico Bancario presso Poste Italiane Intestato a: Murialdo World Onlus Codice IBAN: IT 17 E 07601 03200 001001330032 Causale: Per un nuovo Missionario   Visualiza a localidade

  • India, Messico, Africa
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 40
  • DA January 2012
O Poço é Vida

O Poço é Vida

O Poço é Vida

A água é o elemento mais importante na vida de cada ser vivente; pode-se dizer que quem dá a um povoado um poço, está dando Vida. Após poucos meses e graças a um itinerário de acompanhamento e de assistência, os povoados que foram contemplados com um poço encontram nova vida. Surgem pequenas hortas familiares, surgem as pequenas criações de galinhas, suínos. A dieta alimentar se enriquece e a segurança alimentar causa um otimismo no pessoal e vai além do benefício concreto da água. E’ um verdadeiro milagre que nasce de um sentimento de solidadriedade e de uma ideia justa de promoção e crescimento. Beneficiários do projeto são 8.000 pessoas. São os habitantes dos povoados envolvidos na iniciativa. Trata-se de um impacto formidável porque em alguns casos os povoados são situados em áreas de muito difícil acesso onde dificilmente haveria outra alternativa. Origem do projeto O problema da água na Serra Leoa não é principalmente um problema de falta, é, sobretudo, um problema de acesso. Cada ano as doenças ligadas ao uso impróprio da água causaram a morte de 1,6 milião de crianças, a maior parte delas abaixo dos 5 anos. Milhões de pessoas percorrem cada dia quilômetros a pé para providenciar água, e as crianças são impedidas de frequantar a escola para ajudar a família. Na Serra Leoa uma pessoa sobre duas é afetada por doença devido a falta ou má qualidade da água enquanto as estimativas  mostram que um agricultor africano dispõe menos de 20 litros  de água ao dia, ou seja, menos do que o mínimo diário de 50 litros apontados pela Organizzação Mundial da Saúde.A falta  de água  é a causa  da incidência de doenças infantis, quase todas previsíveis. Sem água potável, é impossível fugir da espiral das infecções. Água significa poder matar a sede, poder cozinar, lavar-se, irrigar o terreno. Se as pessoas evitam percorrer longas distâncias à procura de água têm mais tempo para se dedicar à família e aos filhos ou para desenvolver uma atividade que consinta ajudar a renda familiar ao mesmo tempo que diminuem a mortalidade infantil causada pelo consumo de água poluída. Objetivos do projeto O objetivo do projeto é melhorar as condições de vida das comunidades locais em Sierra Leoa através destas ações:   incrementar as competências entre os beneficiários em relação à utilização dos recursos naturais; combater o processo de desertificação; incrementar a capcidade de produção dos recursos destinados a satisfazer as necessidades primárias da população beneficiária como é a água e a comida;   diminuir o mais possível os efeitos negativos, muitas vezes mortais sobretudo para as crianças, na utilização de água não potável na própria alimentação e no cuidado da própria higiene.

  • Sierra Leone
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 1600
  • DA January 2012
Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Por que na Nigeria? Porque, se poderia dizer, que o Senhor nos precedeu mandando-nos vocações; em dezembro de 2014 serão ordenados sacerdotes os primeiros dois Josefinos nigerianos. Temos a intenção de instituir uma comunidade de serviço pastoral e carismático josefina, na qual podem se inserir os nossos teólogos Queremos prestar uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes neste país, atualmente atingida por fortes tensões sócio-religiosas e martirizada por dolorosos conflitos sócio-religiosos ao norte do país. A nossa presença sará caracterizada por um início simples, feito de essencialidade; será expressão por um lado de uma atitude de flexibilidade e por outro será a de uma inserção coeente com a realidade local. As 3 palavras chave do jeito com que queremos nos inserir neste país são: eficácia, flexibilidade, sobriedade. Portanto, falamos de sustentabilidade econômica, carismático-pastoral e de sustentabilidade do ponto de vista local. Objetivos gerais do projeto Instituir uma comunidade permanente de presença missionária Josefina, que possa se tornar quanto antes um ponto de referência para as pessoas do local, sobretudo, para aqueles mais necessitados. Ser uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes nessa terra atualmente minada por fortes tensões sócio-religiosas e sacrificada por um conflito interno ao Norte do país. Objetivos específicos do projeto Caracterizar a nova presença missionária Josefina por meio de uma moradia simples  e da nossa sobriedade. Isto significa  morar numa casa de aluguel, modesta para a comunidade josefina, equipada por um gerador elétrico para a luz, uma horta para auto-produção e de algum quarto para a hospedagem. Procurar as pessoas mais carentes  com predileção para os jovens a dim de os ajudar a sair da marginalidade por motivos econômicos e/ou de analfabetismo. Isto significa que a comunidade josefina deve ter um carro e uma ou duas motos e de material para a ação social, educativa e de apoio escolar (computador, impressoras, livros, cadernos, canetas etc). Valorizar os espaços e as estruturas que já existem de propriedade de outras entidades públicas e religiosas para procurar a realização de atividades sócio-educativas reduzindo ao mínimo seus custos… Desse modo vai-se assegurar a otimização dos recursos econômicos utilizados.   Visualiza a localidade    

  • Nigeria
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 100
  • DA January 2014
O Poço é Vida

O Poço é Vida

O Poço é Vida

A água é o elemento mais importante na vida de cada ser vivente; pode-se dizer que quem dá a um povoado um poço, está dando Vida. Após poucos meses e graças a um itinerário de acompanhamento e de assistência, os povoados que foram contemplados com um poço encontram nova vida. Surgem pequenas hortas familiares, surgem as pequenas criações de galinhas, suínos. A dieta alimentar se enriquece e a segurança alimentar causa um otimismo no pessoal e vai além do benefício concreto da água. E’ um verdadeiro milagre que nasce de um sentimento de solidadriedade e de uma ideia justa de promoção e crescimento. Beneficiários do projeto são 8.000 pessoas. São os habitantes dos povoados envolvidos na iniciativa. Trata-se de um impacto formidável porque em alguns casos os povoados são situados em áreas de muito difícil acesso onde dificilmente haveria outra alternativa. Origem do projeto O problema da água na Serra Leoa não é principalmente um problema de falta, é, sobretudo, um problema de acesso. Cada ano as doenças ligadas ao uso impróprio da água causaram a morte de 1,6 milião de crianças, a maior parte delas abaixo dos 5 anos. Milhões de pessoas percorrem cada dia quilômetros a pé para providenciar água, e as crianças são impedidas de frequantar a escola para ajudar a família. Na Serra Leoa uma pessoa sobre duas é afetada por doença devido a falta ou má qualidade da água enquanto as estimativas  mostram que um agricultor africano dispõe menos de 20 litros  de água ao dia, ou seja, menos do que o mínimo diário de 50 litros apontados pela Organizzação Mundial da Saúde.A falta  de água  é a causa  da incidência de doenças infantis, quase todas previsíveis. Sem água potável, é impossível fugir da espiral das infecções. Água significa poder matar a sede, poder cozinar, lavar-se, irrigar o terreno. Se as pessoas evitam percorrer longas distâncias à procura de água têm mais tempo para se dedicar à família e aos filhos ou para desenvolver uma atividade que consinta ajudar a renda familiar ao mesmo tempo que diminuem a mortalidade infantil causada pelo consumo de água poluída. Objetivos do projeto O objetivo do projeto é melhorar as condições de vida das comunidades locais em Sierra Leoa através destas ações:   incrementar as competências entre os beneficiários em relação à utilização dos recursos naturais; combater o processo de desertificação; incrementar a capcidade de produção dos recursos destinados a satisfazer as necessidades primárias da população beneficiária como é a água e a comida;   diminuir o mais possível os efeitos negativos, muitas vezes mortais sobretudo para as crianças, na utilização de água não potável na própria alimentação e no cuidado da própria higiene.

  • Sierra Leone
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 1600
  • DA January 2012
Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

Para um novo Missionário

A campanha “Para um novo missionário” tem em mira apoiar os jovens estudantes que querem fazer um percurso de fé em sua terra, que é para nós terra de missão, mas não dispõem de recursos suficientes para manter os próprios estudos. Ajudar um futuro missionário significa dar uma oportunidade de auto sustento na terra de missão, ótica sempre menos assistencialista. Com 200 € ao mês poderás ajudar um seminarista em sua  formação para se tornar Sacerdote josefino a serviço dos mais pobres.     As doações, deduzidas fiscalmente, podem ser efetuadas com contribuições: mensais de 200 € semestrais com 1.200 € anuais com 2.400 €     Como apoiá-los? Bollettino postale sul C/C n. 1001330032 Intestato a: Murialdo World Onlus Causale: Per un nuovo Missionario Bonifico Bancario presso Poste Italiane Intestato a: Murialdo World Onlus Codice IBAN: IT 17 E 07601 03200 001001330032 Causale: Per un nuovo Missionario   Visualiza a localidade

  • India, Messico, Africa
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 40
  • DA January 2012
Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Encontramos os Jovens

Por que na Nigeria? Porque, se poderia dizer, que o Senhor nos precedeu mandando-nos vocações; em dezembro de 2014 serão ordenados sacerdotes os primeiros dois Josefinos nigerianos. Temos a intenção de instituir uma comunidade de serviço pastoral e carismático josefina, na qual podem se inserir os nossos teólogos Queremos prestar uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes neste país, atualmente atingida por fortes tensões sócio-religiosas e martirizada por dolorosos conflitos sócio-religiosos ao norte do país. A nossa presença sará caracterizada por um início simples, feito de essencialidade; será expressão por um lado de uma atitude de flexibilidade e por outro será a de uma inserção coeente com a realidade local. As 3 palavras chave do jeito com que queremos nos inserir neste país são: eficácia, flexibilidade, sobriedade. Portanto, falamos de sustentabilidade econômica, carismático-pastoral e de sustentabilidade do ponto de vista local. Objetivos gerais do projeto Instituir uma comunidade permanente de presença missionária Josefina, que possa se tornar quanto antes um ponto de referência para as pessoas do local, sobretudo, para aqueles mais necessitados. Ser uma ajuda concreta e significativa para tantas crianças e jovens presentes nessa terra atualmente minada por fortes tensões sócio-religiosas e sacrificada por um conflito interno ao Norte do país. Objetivos específicos do projeto Caracterizar a nova presença missionária Josefina por meio de uma moradia simples  e da nossa sobriedade. Isto significa  morar numa casa de aluguel, modesta para a comunidade josefina, equipada por um gerador elétrico para a luz, uma horta para auto-produção e de algum quarto para a hospedagem. Procurar as pessoas mais carentes  com predileção para os jovens a dim de os ajudar a sair da marginalidade por motivos econômicos e/ou de analfabetismo. Isto significa que a comunidade josefina deve ter um carro e uma ou duas motos e de material para a ação social, educativa e de apoio escolar (computador, impressoras, livros, cadernos, canetas etc). Valorizar os espaços e as estruturas que já existem de propriedade de outras entidades públicas e religiosas para procurar a realização de atividades sócio-educativas reduzindo ao mínimo seus custos… Desse modo vai-se assegurar a otimização dos recursos econômicos utilizados.   Visualiza a localidade    

  • Nigeria
  • NUMERO DE BENEFICIADOS: 100
  • DA January 2014
Clica aqui para te escrever na nossa newsletter